CERIMÓNIA DE ABERTURA

28 SETEMBRO  I  19H00  I  CCFM

de SAMIRA VERA-CRUZ, Cabo Verde, ficção, 26 ', 2016

FILME DE ABERTURA

Paralelo entre o neorrealismo italiano de Vittorio de Sica e a realidade cabo-verdiana. Um músico de rua é roubado, perdendo o que precisa para sobreviver e alimentar a pequena família – a sua viola. O filho, uma criança, assume as rédeas do destino e salva o dia.
A relação entre pai e filho com a Tabanka como pano de fundo, nma homenagem que lhe explica a origem, propósito, evolução e os rituais menos conhecidos.

CINE-CONCERTO

PESADELO EM CINECONCERTO

de JOSÉ CARDOSO, Moçambique, ficção, 8 ', 1968

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx